Friday, April 9, 2010

LOW COST- where are you???!

POR ONDE ANDA O LOW COST?
Na reto e na vandoma...

A RETO à esperança é uma organização sem fins lucrativos que acolhe pessoas dependentes de drogas ou álcool.
As pessoas que integram esta associação e que todos os dias tentam ajudar toxicodependentes a libertarem-se do vício falam na primeira pessoa porque eles próprios já foram dependentes de drogas e acolhidos pela Reto. Os centros onde estes toxicodependentes iniciam um programa de recuperação e aprendem a ter uma nova vida mantêm-se através das lojas da associação onde os associados reciclam electrodomésticos ou móveis e os põem à venda. Para além desta forma de angariar lucros, a Reto conta com a ajuda das pessoas, lojas e até fábricas que doam roupas, vendendo-as a preços simbólicos. 
É aqui que eu entro, não só a comprar mas também a doar roupa. É engraçado entrar na loja para comprar e ver coisas que já foram minhas, como malas ou roupa. A parte melhor é comprar peças óptimas a preços que às vezes dão vontade de gritar, de satisfação claro. É difícil dizer qual foi a melhor compra nesta loja porque todas as peças são boas compras mas posso-vos dar o exemplo da camisa Burberry que já vos mostrei anteriormente, por 3€. 

Mas nem sempre as minhas idas à loja deixam histórias felizes para vos contar... o pior momento que passei lá foi ver uma senhora na caixa a pegar numa camisola de homem yves saint laurent que estava pousada no balcão. A senhora segura a camisola esticando os braços para a ver num todo, levanta a camisola de tal forma que a minha amiga que estava ao meu lado vê a etiqueta e me dá uma cotovelada, e sem que eu tivesse tempo para declamar uma sílaba, o casal que estava atrás de mim na fila pergunta à senhora se ia levar ( e a estimada senhora, que não sabia a quantidade de dinheiro que tinha nas mãos diz que não e dá-lhes a camisola) o casal fica com a Yves Saint Laurent!!! Ah e só para que saibam...a camisola custava 2€. Enfim.




Loja RETO 
 Ali ao fundo é o Campo 24 de Agosto. Por isso quem quiser ser amigo do ambiente e ir de metro só tem que sair na estação 24 de Agosto e virar à direita!



Outro sítio onde adoro ir é à Feira da Vandoma -"Bandoma" como se diz por aqui



A feira surgiu há alguns anos,de forma espontânea e desordenada quando alguns estudantes começaram a vender livros e roupa usada. Mais tarde, em 1984 passou a ser regulamentada pela Câmara Municipal do Porto. Hoje é organizada, segura e fiscalizada. Ainda assim não se deixam de vender artigos roubados. Na feira da vandoma encontram-se imensas coisas, antiguidades, mobiliário, pequenos electrodomésticos, livros, revistas, discos de vinil, roupa, malas, sapatos, máquinas fotográficas, ferramentas, dvd's ( desde os que ainda nem chegaram aos cinemas portugueses até ao porno), telemóveis, computadores portáteis, brinquedos, moedas de colecção, relógios, prata, ouro, pneus, entre muitas mais coisas. Cada vendedor pode levar o que quiser (desde que não vá contra o regulamento, como produtos alimentares) por isso imaginem a variedade de coisas que se podem encontrar lá.

Para além de comprar eu já me aventurei a vender na feira várias vezes e recomendo, qualquer pessoa pode vender, nos lugares que não se pagam, ou seja, numa rampa enorme e íngreme em direcção ao rio, onde não há lugares marcados. É preciso ir de madrugada se quiserem um bom lugar, porque quanto mais tarde se chega mais cheia a rampa fica, e quanto mais se desce, mais perto do rio se está. Às 6h ou 7h abrem os portões improvisados para os vendedores destemidos e é desatar a correr pela rua íngreme e cheia de buracos para arranjar o melhor lugar possível. 









A feira da vandoma realiza-se todos os sábados na Alameda das Fontainhas, no site da câmara municipal do Porto diz que começa às 8h e acaba às 13h, mas eu digo que começa bem sendo quando o sol ainda não se pôs ( e é nestas horas que se encontram coisas que não deviam lá estar). O ponto alto é por volta das 10h da manhã. Se chegarem lá às 12h já vão ver alguns vendedores a começar a arrumar, principalmente se o tempo estiver mau. Se estiver a chover vão encontrar poucos vendedores.
A melhor compra que fiz, o maior "achado", foi na vandoma- aqui posso dizer sem dúvidas nenhumas- foi o cinto da moschino. Comprei-o a uma senhora que podia ser minha avó e que mo vendeu por 1 euro! É o melhor cinto do meu guarda-roupa.

 Vejam isto:

 



 

E pronto, espero que tenham gostado da minha revelação ( lol ) 

Ah! se souberem de outros sítios baratos já sabem, let me know !